terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Pra você (as)sumir

Você disse que pensou em mim o dia inteiro, mas, de noite, sumiu no mundo e eu descobri que estava em um bar muito caro da cidade. Diz que espera o dia inteiro pra falar comigo e beija mil bocas diferentes durante o final de semana. Vive falando que eu sou diferente de todas as outras, e quer fazer comigo exatamente o mesmo que faz com todas. Então, me diz por que gastar esse tempo comigo, tentando fazer meu coração, que você acreditava ser frágil e fácil, cair aos seus encantos?
Eu só não entendo porquê os homens têm essa necessidade de iludir alguém, se podem ter quase todas as outras garotas do mundo sem nem precisar usar esse papinho mentiroso. Eu não entendo porquê você teve que puxar assunto comigo naquela festa, justo comigo, se tinha mais umas dez mulheres te achando o cara mais divertido do mundo. Não sei o que seus olhos enxergaram em mim, que fujo totalmente dos seus padrões, e que estava totalmente deslocada naquele lugar, sozinha, bebendo meu refrigerante diet em algum canto. Não faço ideia do que te levou a me escolher entre todos aqueles pares de pernas malhadas, principalmente porque você já desconfiava - e depois teve certeza - que eu não ia ficar com você. Por que então? Qual foi o benefício de querer conquistar justamente a mim se, no mesmo dia, você iria ficar com a primeira garota que surgiu depois que eu fui embora?
Muito simpático, muito divertido, com toda a certeza. Tem um ótimo papo e sabe conversar, nada de longos silêncios, nem falta de assunto e nada de forçação de barra. Você é um cara legal sim, um dos mais engraçados que já conheci, mas eu não estava interessada, você sabia que não. Eu preciso de mais do que uma noite divertida para me interessar por alguém. Mais que um sorriso bonito, um jeito descontraído e uma boa conversa. Foi por isso que você se aproximou, não foi? Para me fazer te conhecer e gostar? Aposto que percebeu que eu era assim desde o início! Se aproximou para trocarmos experiências e contarmos nossos gostos um para outro. Para nos conhecermos melhor e você começar a dizer que não vê a hora passar quando está comigo. Para me dizer todos os dias o quanto sou diferente e especial e o quanto quer me conhecer melhor.
Você se aproximou pra me fazer acreditar nas besteiras que fala e, assim, me levar direto para sua cama, não foi? Não venha dizer que está chocado com a forma como eu digo isso, porque é a verdade, não é? Deixa eu te contar, rapaz, que eu não sou boba nesse nível. Posso até ter um jeito meio inocente e cara de criança, mas eu sei bem como são as coisas e eu soube desde o início o que você queria comigo. Eu sei que você diz que pensa em mim e depois sai por aí atrás de outras mulheres, mais velhas, mais experientes ou simplesmente mais tontas. Eu sei que você se faz adorador das coisas que eu admiro, mas muda de opinião rapidinho na minha frente dos seus amigos. Eu sei. 
Você não está enganando ninguém, além de si mesmo. Suas palavras tão doces, tão bem escolhidas e tão falsas não vão conseguir o que você quer comigo, porque ninguém me ganha pelo que fala, mas pelo que faz. Então faça um simples e último favor para si mesmo - que está se enganando, para mim - que estou perdendo meu tempo e para nós - que nunca existimos: assuma tudo isso, e suma da minha vida. Não estou disponível - não para caras como você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)