terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

O único amparo

Os tempos andam difíceis, e as pessoas têm notado isso estampado na minha cara. Passei muito tempo carregando um fardo pesado e fingindo que era leve; chorando escondida durante a noite e sorrindo escancaradamente no dia seguinte. Quando sozinha, orando fervorosamente para que Deus aliviasse minha carga e, quando acompanhada, fazendo a vida das pessoas ao meu redor mais leve, mais divertida, mais risonha como se fosse a pessoa mais feliz do mundo. Foram longos dias, meses e anos morrendo por dentro e esbanjando vitalidade por fora.
Acontece que chega uma hora que não dá mais pra esconder. Não dá pra disfarçar as lágrimas quando a dor já é suportada e reprimida durante muitos anos. Chega um dia que o peito explode, as costas cedem, o coração fraqueja. E toda aquela incapacidade em chorar em público, todo aquele medo de fazer sofrer quem você sabe que te ama, todo o esforço para ser forte acabam sendo esmagados pelo seu esgotamento, seja nervoso, espiritual ou físico; ou até os 3 juntos. E aí você se vê impossibilitado de ser o consolo que sempre foi, de oferecer o colo e o ombro que sempre foram úteis. Incapaz de aconselhar alguém, como sempre fez, e acolher as dores da pessoa. É quando você precisa de um colo, conselhos e abraços. É quando tudo que você quer é justamente alguém para ouvir seu choro.
Mas isso é a minha fragilidade humana gritando que está cansada de sofrer. E tenho medo que pensem que, se estou vivendo uma época problemática, é porque meu Deus é fraco. Não. Fraca sou eu e minha fé, eu e minhas dúvidas. Não importa quantas lágrimas caiam dos meus olhos, nem o quanto eu murmure e reclame, isso só mostra o quanto sou injusta com Ele, o quanto ainda tenho que aprender, o quanto sou fraca na hora de confiar. 
Porque, ainda que esteja no meio de um furacão, eu tenho um Deus que me sustenta. Ainda que eu desista, Ele não desistirá. E essa é a única certeza que eu tenho pra não desmoronar. A certeza que me faz acreditar que não é fim do mundo. Por isso, eu só espero que essa certeza seja meu colo, que a luz de Deus seja meu consolo e que meus conselhos venham de Sua palavra, porque, apesar de ter estado ao lado de muita gente que me pediu apoio, o MEU apoio só veio de Deus até agora. E quero que continue vindo dEle, porque só Ele sabe como e o quanto eu preciso desse amparo, só Ele está aqui comigo quando o mundo inteiro esquece que, um dia, eu estive lá por eles também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)