sábado, 1 de dezembro de 2012

" Attraversiamo "


Atravessei. O período, a fase, a situação, o problema. Você. Ou, pelo menos, um dos muitos periodos e problemas, uma das muitas fases e situações, um dos alguns "você" que tive. Travessia é o mais importante, e acho que cheguei nesse momento. Caminhei tanto, tanto, e acho que só quando parei pra descansar, pude me dar conta que a ponte estava ali, na minha frente. Talvez tenha estado ali o tempo todo e eu só a tenha ignorado por acreditar tolamente que a história ainda não tinha acabado. Mas o ponto final já aconteceu há muitos e muitos parágrafos atrás, e você percebeu isso antes de mim mesmo que eu tenha encontrado um novo alguém para gostar antes que pudesses fazer o mesmo.
Você seguiu com sua vida, e quando te vi seguindo fiquei perdida, porque achava que seguiríamos juntos e nem sabia que achava isso. Porque eu te enterrei dentro de mim, e estava certa que aquilo havia sido um ponto final, mas só porque você estava sozinho, e eu também. Quando te vi com ela, caiu a ficha que eu havia colocado apenas reticências nessa quase história e, inconscientemente, ainda esperava que retomássemos de onde paramos. Infelizmente, eu me enganei todo esse tempo, dizendo e acreditando ter superado você. Mas, sabe, no fundo foi bom te ver com alguém, e ver que você encerrou esse capítulo, virou a página e tem ao seu lado um amor. Foi bom te ver assim, de bem com alguém que não complica as coisas.
Eu queria ter feito o mesmo, e não ter dispensado todos os possíveis amores que me surgiram ao longo desses anos achando que o fazia por querer, não por ainda te esperar. Sabe, por incrível que pareça, não dói. Assustei no inicio, tive um momento de pânico e me senti profundamente sozinha quando vi o novo casal. Mas foi bom porque, apesar do choque, não machucou, não entristeceu, apenas me fez acordar desse sonho louco que eu tinha preparado pra nós sem nem me dar conta.
Hoje, isso tudo que aconteceu apenas me traz alivio e me permite gostar por inteiro de quem eu já gostava pela metade antes. Agora me parece não apenas saudável e sensato, mas muito bom, atravessar. De todas as coisas que eu preciso superar na vida, atravessar você foi a mais importante porque foi o primeiro passo para as próximas pontes que terei que enfrentar; graças a você, eu estou andando pra frente novamente, eu perdi o medo do que vou encontrar do outro lado e dos buracos e pedras que vou ter que aguentar no caminho. Acho até que fico te devendo essa, porque você, meu bem, foi só a primeira travessia, e eu gostei muito dessa coisa de atravessar, sabe. Na próxima, se eu demorar muito pra achar a ponte, eu mesma construo uma porque descobri que, as vezes, o que tem do outro lado não é tão bom quanto você imaginou... é melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)