sábado, 17 de setembro de 2011

Os 18

16/09/1993 - 16/09/2011


18 anos de sorrisos, de lágrimas, de dúvidas, de sentimentos, de emoções, de verdades, de descobertas.
18 verões, 18 invernos, 18 'agostos', 18 natais, 18 '16 de setembro'.
Um punhado de histórias, uma infinidade de mudanças, uma mistura de gostos e uma eternidade de verbos.
18 anos.
Depois de tanto aprender, tudo que sei é que sou. Não sei o que. Mas sou, e sou muito, compulsivamente.
Continuo querendo os sonhos, mas hoje quero muito mais realidades.
Então o que eu quero mesmo, o único pedido que faço hoje, assim como todas as vezes que apago a velinha, é que eu nunca deixe de querer; querer ir atrás, fazer, sonhar, realizar, lutar. Desejo querer! Mas que eu queira com muita intensidade. Mais ainda que isso, desejo que eu jamais deixe de ser. Independente do que for. Que eu seja, e seja muito, com todo o meu ser.



Top 10 músicas dos meus 18 anos:
1ª - Billy Joel - Vienna
2ª - Clarice Falcão - Australia
3ª - Zélia Duncan - Eu me acerto
4ª - Pink - Don't let me get me
5ª - Pink - Fuckin' Perfect
6ª - Zélia duncan - Por enquanto
7ª - Zélia Duncan - Me revelar
8ª - Capital  Inicial - Primeiros Erros
9ª - Capital  Inicial - Independência
10ª - Linkin Park - Numb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)