sexta-feira, 10 de junho de 2011

Parei

Acho que eu parei de implorar por amor, parei de gritar por saudade e de exigir um pouco de atenção. Parei de ir atrás dos outros, porque agora fui eu quem ficou para trás. A única saudade que me resta é de mim mesma. 
Ainda estou implorando por amor, mas por amor próprio. Ainda exijo atenção, mas apenas a minha. Quantas vezes eu fiquei no caminho, porque me empurraram para depois enquanto colocavam a si mesmos em primeiro lugar?  Foram tantas, que eu já nem sei se existe número capaz de contá-las. Logo eu, que sempre me afundei e me enchi dos outros; que sempre empurrei a mim mesma para trás para dar lugar àqueles que estavam a minha volta. Acho que fui tão empurrada por todos os lados e até mesmo por mim, que acabei me perdendo. E deixe-me perdida durante um longo tempo, acreditando que eu viveria feliz só do amor que tinha em meu coração. Mas o amor também começou a se perder, porque quando tentei fazer com que me levassem a sério, me disseram que eu era nova demais para ser levada a sério. Quando tentaram me fazer acreditar em hipocrisias, me lembrei que já era velha demais para acreditar em contos de fadas. Então agora que acho que finalmente atingi a idade certa, não venham chamar a mim de egoísta, porque de tudo que eu posso ser no mundo, egoísta e irresponsável são os únicos itens fora da lista.
Cansei de implorar aos outros que permitam que eu os ame. Agora vou correr atrás somente do que vale a pena resgatar. 
Porque, dá licença, mas eu me quero de volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)