sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Amargamente doce

Se há lições a serem aprendidas, o único aluno aqui é você. O meu caminho eu continuo sem ter que estudar a teoria. Eu parto para cima e avanço o nivel da experiência. Você pode entrar no meu carro e se segurar nas bordas do banco, porque meu pé dificilmente irá deixar o acelerador. Os meus freios andam enferrujados por permanecerem intactos a algum tempo e eu sinto dizer mas, por enquanto, você não me parece real o bastante para me fazer parar. No momento, a minha experiencia é você. E isso pode dar certo ou não. Eu não sou do tipo que entrega o jogo de bandeja. Então temos que acertar uma coisinhas sobre isso antes de partirmos para as apostas. Entenda que eu posso ser tão boa quanto eu quiser. Ou tão má quanto você duvida. O nosso acordo chega até onde você quiser e souber, mas a recompensa só se ganha depois de passar na prova. Não se engane quanto a esse meu sorriso singelo, ele pode estar apenas testando a sua reação. Porque eu sei ser o que for quando convir. Não vou mentir que sou santa. Mas não sou falsa, nem sou tirana ou ditadora. As regras são claras e estão na primeira cláusula deste contrato. Quando digo que será do meu jeito, é só porque sei que o seu plano tem falhas. Se eu pareço criança é só pelo simples fato de que você não conseguiu despertar meu lado mulher. Eu ajo de acordo com a ocasião. Então não permita que a situação atinja um ponto crítico se não quiser ser deixado para trás. Deixo avisado que não sou de papel para rasgar e meu coração não é porcelana feita para quebrar. Me desculpe, mas não sou tão ingênua quanto pareço e suas palavras não me convencem por serem bonitas; não me afetam por parecerem sólidas. Você pode dirigir se isso for o que fizer de melhor, ou me entregar as chaves.
Eu não tenho asas, e não me deixo levar fácil assim. Você tem duas opções enquanto estiver disposto: ou me conquista por completo ou parte para outra. Não há meio termo. E existe um porém quando você se fizer uma exceção a regra, desde que sejas uma exceção certa a uma regra errada. Se assim for, então a guerra terá acabado. E pode acreditar que eu sei diferenciar o que você é, daquilo que quer fingir ser. Então seja aquilo que você for e faça isso da maneira que você souber. Acostume-se com meu jeito ou siga seu caminho sozinho. Eu nunca disse que seria fácil e você sempre soube que estaria sendo avaliado e não mantido em banho maria. Não há nada mais que eu possa dizer quando você pensa que já sabe tudo. Só não vá falir quando vier querer apostar com esse tipo de jogo e não se queime quando perceber que eu não sou mera chama de palha seca. Porque a essa altura você já deve ter notado que nada passa despercebido por mim e que eu posso incendiar sua floresta antes mesmo de você chamar os bombeiros. Então, recomendo que vá devagar com esses ditados falsos sobre cães que ladram não mordem. Eu não sou cachorro, mas eu aviso e eu mordo, e não há nada 'bonitinho' na marca que eu posso deixar. A primeira fase é só um teste; uma especulação de quanto isso pode me custar. Se for demais para você, eu sugiro que siga com a sua vida, porque aqui é na base da possibilidade; eu posso ser legal ou não. A partir do momento em que a moeda cair no chão e revelar seu lado, é cada um por si.
Eu não vou apenas brincar de boneca quando se trata do meu coração. É como eu te disse, a primeira fase é cruel, mas nada aqui é definitivo. Eu despirei minha armadura assim que você me entregar a espada que estava guardando para perfurar-me e já deixo garantido que, quando e se você se render, o prêmio será triplicado e aí então eu trarei a recompensa. Porque você sabe que não basta apenas fazer acontecer, qualquer um faz. Comigo o seu maior problema será fazer por merecer. Portanto entenda de uma vez por todas enquanto eu ainda estou te ensinando e tornando a sua jogada mais fácil. Aprenda isso tudo antes de deixar-se cair nesse precipício que paira sobre meus olhos:  não há absolutamente nada fofo em mim, não sou açúcar para ser doce, eu sou venenosa e não, meu veneno não tem antídoto. Talvez na sua segunda etapa, eu possa ir mais devagar; quem sabe. Mas até lá, sou eu quem dito as regras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)