quinta-feira, 15 de abril de 2010

Eu gosto porque gosto

Eu posso achar uma razão nisso. Um motivo pra gostar do seu sorriso. Posso encontrar o porquê de suas mãos se encaixarem tão bem nas minhas.
Eu consigo descobrir o significado do meu derretimento total quando nossos olhares se cruzam.
Quando o sol reflete nos seus cabelos soltos, eu sei que existe uma razão para refletir em mim também.
Eu sei que posso encontrar todas as palavras que respondem às perguntas que vejo no seu olhar.
Talvez haja para tudo isso uma única explicação. Porque eu tenho certeza que é alguma coisa.
E eu tenho plena consciencia da minha frequência cardíaca quando nossos braços se encontram. Talvez você também possa encontrar uma razão para isso.
Eu sei que posso achar uma flor dentro do seu coração. Eu sei que, se eu procurar, posso encontrar até mesmo uma canção, batida como melodia.
Mas eu não sei se eu quero encontrar um motivo para minhas pernas tremerem, não sei se existe uma razão que eu queira mesmo descobrir. Porque quando eu penso bem em você, não preciso de significado para isso.
Eu gosto dos seus olhos simplesmente porque gosto. Gosto da sua cara de sono mesmo sabendo que ela não é nada bonita. Eu gosto de tudo que há em você, e gosto que você esteja em tudo o que há pra mim e só. Isso me basta. Basta saber que é você e eu e ninguém mais.
Para mim sempre foi assim e me basta apenas saber que eu não preciso de razão nenhuma pra gostar só de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda ação gera uma reação. Eu agi, agora é vez de vocês reagirem. :)